Nunca Fiz - Goiás e a menininha da cidade

2 Comments


Oi tudo bem?
Continuando o Post anterior, vou contar um pouco sobre como foi minha viagem para Goiás.
Pra quem leu o anterior sabe que eu estava indo conhecer a família do meu namorado em Aparecida de Goiânia, chegando lá minha sogra estava me esperando no aeroporto ( será que já posso chamar ela assim ? haha ), ela me levou de  carro e pude conhecer um pouco da cidade no caminho, ela me explicava onde era cada coisa, também tive a oportunidade de ir até o centro, fomos de ônibus até o parque mais lindo que eu já tinha visto, o Parque dos Buritis, ou Bosque dos buritis.

(Foto Editada mas nem precisava)





Depois de conhecer um pouco o parque chegamos na casa deles e me deram uma notícia, e eu confesso que fiquei meio apreensiva com a notícia e esse  meu jeito de não conhecer nada alem da estação e do ônibus que vai pra casa, que pra mim já era suficiente, me avisam que vamos para a fazenda. Tá que era uma coisa que eu nunca tinha feito, chegar perto de uma vaca e eu já imaginava que ia morrer, não sei correr e nem me defender (Olha  lá o pensamento de menina da cidade). Eu fui pra tal fazenda com aqueles pensamentos" finge que você está super acostumada ", a vista na estrada foi muito bonita, já que era tudo novo, eu conhecia nada e se tivesse algo como uma pessoa de chapéu eu já ia achar maravilhoso ( pensamentos de turista agora) e claro filmei tudo. Chegando lá eu fiquei maravilhada, só tive problemas com os mosquitos que me deixaram toda vermelha e com as porteiras que cada cinco minutos alguém tinha que abrir ou fechar,  decidimos andar pela fazenda pra mim conhecer as coisas por lá e eu não tive problemas com os matos e não gritei nenhuma vez com isso e me sinto orgulhosa, apenas com o mico de não atravessar uma pontinha sem graça que nem era perigosa e eu só tive medo porque meu namorado disse vamos atravessar o MATA BURRO ( tipo que coisa é essa ? se mata os burros imagina eu ?) ta não era nada de mais apenas muito drama depois de ouvir o nome.



            

na fazenda Experimentei o feijão tropeiro que achei divino e estou esperando alguém fazer pra mim, outra coisa que comi foi um biscoito chamado Peta ou será que escreve Petá, bom eu não sei apenas achei gostoso, é feito de polvilho mas não é o mesmo gosto daqueles biscoitos que compramos aqui em SP, o legal foi ver meu namorado fazendo a receita (já que eu não sei cozinhar alguém precisa fazer isso não é? ) e no final de tudo com muitas novidades por la e os potes de doce de leite que eu queria trazer uns dez e não pude. No café da manhã foi maravilhoso acordar cedinho com o som dos pássaros, paisagem maravilhosa e claro eu ainda precisava conversar com minha sogra e não arranjava assunto de jeito nenhum então vi umas frutas verdes e decidi perguntar pra puxar assunto, "nossa que fruta é essa ?" então ela olhou bem pra fruta olhou pra mim e disse "que fruta ?" eu apontei de novo e ela disse o pé de mamão ? ( sabe aquele momento Troféu vergonha ?? eu merecia receber naquela hora) Bom eu tentei explicar que sabia que era mamão, mas não deu certo, falei que não era tao da cidade assim eu conhecia aquilo mas é a primeira e segunda impressão é a que fica, parece que na minha testa estava escrito "fresca- menina da cidade", foi o que mais falaram hahaha a menina não conhece nem mamão.

Bom espero que tenham gostado e desculpa ficou beem grande o post ne ? ainda tenho muito a contar de goiás, mas quem sabe mais pra frente. já esteve em goiás ? comenta ai que quero saber tudo o que achou desse lugar maravilhoso. não esqueça de marcar suas fotos com #NUNCAFIZ  e me sigam no instagram Carolmand.
Beijos e até mais                


You may also like